Qual é o melhor genérico do Viagra?

Viagra

O Viagra é o medicamento usado para casos de disfunção eréctil masculino. A disfunção erétil ou impotência é a dificuldade permanente do homem obter ou manter uma ereção.

No começo do seu desenvolvimento, ele foi criado e utilizado para tratar determinadas doenças cardíacas. Porém, pesquisadores perceberam a eficácia para o tratamento da disfunção eréctil.

Dificuldade em ter ou manter uma ereção é normal quando ocorre de vez em quando, porém quando isso se torna algo frequente é sinal de problema no corpo físico ou na mente. Esse não é um problema da idade, apesar dele é mais frequente nos homens idosos.

Ele age relaxando os vasos sanguíneos, promovendo maior fluidez de sague para o pênis, permitindo sua ereção. O Viagra tem a função de facilitar, manter e melhorar a ereção com um tempo para fazer efeito variando de 30 e 60 minutos e seu efeito é duradouro e pode chegar até 4 horas.

Genéricos

Todo medicamento genérico é feito em um laboratório que fabrica só as fórmulas genéricas para os custos ficarem mais baixos ao comprar. São mais baratos justamente por não terem uma marca, sendo vendido com o rótulo do laboratório que o desenvolve.

Sildenafil

O Sildenafil é o princípio ativo do Viagra, sendo esse o nome do genérico oficial da empresa que fabrica o Viagra original. O genérico Sildenafil contém exatamente os mesmos ingredientes do Viagra e funciona da mesma maneira. Mas, por ser genérico é mais barato.

Cloridrato de Vardenafila ou Levitra

O Levitra é semelhante ao Viagra, sendo criado para ser seu concorrente direto. Ele é menos conhecido, mas a ação do Levitra ocorre de forma parecida ao Viagra, entre quatro e seis horas. A principal diferença é que o Levitra é menos afetado por alimentos ou bebidas alcoólicas, podendo ser tomado junto com as refeições.

Além disso, ele é mais eficaz em homens diabéticos do que os outros medicamentos para impotência.

Tadafil ou Cialis

É um outro concorrente do Viagra que tem seus um efeito que dura bem mais do que os do Viagra ou do Levitra, podendo ficar por até 36 horas dentro do organismo. Boa parte dos homens o preferem devido ao tempo de concentração do medicamento no corpo, podendo conseguir uma ereção em outras oportunidades. O problema com o Cialis é que se acontecerem efeitos colaterais, eles irão durar mais tempo também.

Ele também pode ser ingerido após a refeição, mas o pode reduzir os efeitos.

Qual é melhor?

Cada pessoa se adequa a um medicamento diferente de disfunção erétil diferente, o difícil é dizer qual. Para saber, é preciso experimentar. O medicamento pode não funcionar na primeira vez, mas para ter certeza o ideal é tentar pelo menos oito vezes cada um deles antes de desistir e ir para o próximo. É importante, também, levar em consideração os preços. Tente os mais baratos primeiro.  Os três medicamentos são eficazes em 60 a 70% dos casos. Eu gosto de indicar também os viagras naturais como o BigSize, pois não fazem mal nenhum para a saúde.

Todos relaxam os vasos sanguíneos que levam sangue ao pênis e os três medicamentos possuem efeitos colaterais parecidos: dor de cabeça, nariz entupido, rosto avermelhado, dor de estômago e dor nas costas. A diferença é que os efeitos colaterais do Viagra e o Levitra demoram menos tempo do que o do Cialis.

O Viagra, Cialis e Levitra não devem ser consumidos pelos que usam remédios com nitrato. O Cialis não deve ser tomado por quem faz tratamentos de próstata ou hipertensão.

O melhor genérico do Viagra será aquele que melhor agir no seu organismo, o com o preço mais acessível e que tenha poucos ou nenhum efeito colateral.

Leia mais sobre: Problemas de ereção

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply